Superfícies

As áreas de aplicaҫão

Recipientes

Todos os objetos tais como garrafas, latas, vasilhames para o leite, barris de cerveja e vidros para geléias que foram enchidos com conservas esterilizadas podem, a partir de uma limpeza e desinfecҫão por meios químicos, continuar sendo assépticos ao longo dos seus demais processos de fabricaҫão. Nestes casos deverá ocorrer uma irradiaҫão direta através de canais protegidos.

Instalaҫões para envasamento

Os equipamentos e materiais que tiverem contato com conteúdos esterilizados deverão, tal como os recipientes que recebem o material em questão, ser irradiados constantemente. Mediante uma desinfecҫão adicional dos conteúdos ficará assim descartada a contaminaҫão bacteriológica através do ar.

Equipamentos para embalagem


O dispêndio técnico de um equipamento de desinfecҫão UV é substancialmente menor que para outros tipos. O seu grau de eficiência irá depender do tipo de material para embalagem. Superfícies lisas possibilitam o maior grau de desinfecҫão. No caso de materiais sintéticos deverá se obter com anterioridade um parecer do fornecedor da matéria prima, quanto a sua resistência aos raios UV. No que tange às máquinas automáticas para embalagem, o equipamento para desinfecҫão UV deverá, se possível, ficar diretamente acoplado à máquina. Antes e depois do enchimento, e até o fechamento com filme de proteҫão tambén desinfetado, deverá se garantir uma irradiaҫão interrupta.

Esteiras transportadoras na indústria alimentar

A fim de evitar a mudanҫa de culturas diferentes como por ex. a flora de maduraҫão, isto é durante o processamento de diferentes produtos de salchicharia em esteiras transportadoras, é possíver instalar por baixo das esteiras uma unidade de desinfecҫão UV correspondente. Assim, a decontaminaҫão da esteira poderá acontecer em dependência da velocidade e circulaҫão da mesma, a maneira de um intervalo reiterado de desinfecҫão.

Têxteis do lar e colchões

Também é possível a irradiaҫão em têxteis do lar e colchões. Este procedimento é utilizado em hospitais, lares para idosos e por ocasião de residências de veraneio infrequentemente ocupadas mas novamente habitadas. Mediante a irradiaҫão UV, no entanto, somente podem ser desativados germens diretamente atingidos pela radiaҫão. A característica da superfície destes materiais sempre acaba resultando na formaҫão de micro-sombra. Nestas circunstâncias é possível que os germens possam evitar os efeitos da irradiaҫão.

Paredes

As paredes interiores de tanques, mas também a alvenaria podem ser irradiadas em sua superfície. Mas aqui deve-se mencionar o fato quanto a que através da irradiaҫão somente podem ser desativados germens diretamente atingidos pela mesma. Mas a característica da superfície destes materiais sempre acaba resultando na formaҫão de micro-sombra. É possível que nestas circunstâncias os germens possam evitar os efeitos da irradiaão.